Curso de Direito do ISCA Faculdades promove júri simulado nesta sexta

Alunos farão embate entre Direito Natural e Direito Positivo

O curso de Direito do ISCA Faculdades realiza nesta sexta (4) um júri simulado que terá como base o livro “O Caso dos Exploradores de Caverna”, do autor norte-americano Lon Fuller. Publicada nos Estados Unidos em 1949 e no Brasil em 1976, trata-se de uma obra introdutória nos cursos de Direito de todo o mundo. A publicação discute o conflito entre a interpretação literal das leis e sua adequação a cada caso concreto, propondo um embate entre o Direito Natural (Jusnaturalismo) e o Direito Positivo (Juspositivismo).

O caso, fictício, envolve cinco exploradores de caverna que, presos por um desmoronamento durante muitos dias, decidem sortear qual deles deveria ser sacrificado para servir de alimento aos demais. Depois de resgatados, os quatro sobreviventes vão a júri popular, acusados de homicídio.

Nesta iniciativa do ISCA Faculdades, que acontecerá no Anfiteatro, com início às 19h15, os alunos simularão uma atuação real em um júri, defendendo ou acusando os réus, inclusive utilizando os trajes característicos para a ocasião. Ao final, serão os jurados quem decidirão se os acusados serão culpados ou inocentes.

 Organizado pela coordenação do curso de Direito do ISCA Faculdades e pelo professor Marcelo Zovico, o júri simulado é aberto a todos os interessados. Os participantes devem doar um quilo de alimento não perecível, que será destinado à instituição assistencial Núcleo de Valorização Humana Nova Vida.

 O campus do ISCA Faculdades fica na Rodovia Deputado Laércio Corte (Limeira-Piracicaba), 3.000. Mais informações pelo telefone (19) 3404-4700 ou pelo site www.iscafaculdades.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *